sábado, 6 de maio de 2017

Carta Missionária (VI)


"Estou instalada aqui na paz e tudo em ordem. 
Chove intensamente e as noites estão tranquilas.
A travessia de barco foi boa, apesar do mar um pouco agitado estar.
Aqui se come muitos legumes, frutas.
Estou sob a benfazeja influência do mar.
Pernoitei no Mosteiro e nos dedicamos aos trabalhos manuais e à oração.
Você já  bebeu água fresca de talha?
Tudo é reduzido ao mínimo possível.
O despojamento é completo. Me sinto livre e alegre.
Rostos alegres por toda parte eu vejo nesse país.
Não pensamos em coisas materiais.
Estudamos e vamos à Adoração Eucarística.
Escrevo cartas.
Mesmo sendo inverno, estamos bem.
Abaixo de zero, sete graus.
Tudo nos convida ao silêncio.
Estou feliz de verdade e é uma graça infinita que recebi do Senhor.
Deus me quer muito bem e me guia como se fosse única.
Reze por mim o mais que puder.
Bos férias para você!
Beijos"

5 comentários:

  1. Lindíssimo querida amiga, muitos beijinhos no coração felicidades

    ResponderExcluir
  2. E que tudo permaneça assim, com Deus
    te guiando para a felicidade e a paz
    Bom final de semana
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida Rosélia!

    Pela leitura de seu post, acho que você não estará no Brasil. Temperaturas tão negativas, embora no Rio Grande do Sul, a temperatura baixe pra graus negativos, eu sei, me lembrem o estrangeiro, mas não importa o lugar onde estamos, mas sim o que sentimos e o que fazemos. E você se sente mto bem e feliz.

    Gostei mto de sua carta, que, em tudo, é MISSÃO.

    Lá fora, o mundo passa, por agora, alheio a teus sentidos, e as coisas materiais deixam de ter qualquer significado. Assim, somos felizes, pke estamos limpas de corpo e alma.

    Beijos e continue se purificando. Deus te chamou!

    ResponderExcluir
  4. olá querida Rosélia, como é maravilhoso quando estamos na paz e esta nos acompanha aonde vamos. Amei sua postagem, já estava com saudade de vir aqui.
    Querida, o Dia das Mães é uma data comemorativa em vários países do mundo. A festa não tem a mesma data em todos os países. Aqui no Brasil, o segundo domingo de maio é dedicado as mães. Na verdade, todos os dias são dedicados as mães. Todos os dias e todas as horas, depois que os filhos nascem, as mães vivem para eles.
    Mãe é poesia, tons, pausas, letras... Dona de um amor que se recicla e nunca é desperdiçado. Colo de mãe: o melhor remédio para todas as idades.
    Para quem é mãe ou para sua mãe, desejo que no próximo domingo o verdadeiro presente seja o amor! O amor verdadeiro que dure a vida toda.
    Abraços da amiga, Lourdes Duarte.
    http://professoralourdesduarte.blogesus as abençoe sempre.spot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oh amiga, parabéns por estado de graça em que te encontras, e que assim seja. como falou a querida Céu, "Deus te chamou". Nada mais lindo que o amor divino.

    Chuvas de Paz amiga.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu ardor missionário.