sábado, 22 de abril de 2017

Carta Missionária (IV)


"Obrigada por sua carta tão afetuosa comigo.
Aqui é difícil fugir da oração.
A equipe caminha com segurança.
Vamos em frente, sei que sabe dos meus sentimentos...
Estou escalando a subida para o céu.
Como estar perdida num país estrangeiro uma vez que me abandono totalmente nas mãos jubilosas?
Vontade de servir a Deus nestes anos que me restam.
O resto não conta mais e deixo pra trás, queimo os barcos.
As estrelas aqui brilham mais. As areias do sertão queimam mais.
Rosto vermelho, secura, me sinto no deserto.
No dia livre, caminho sozinha, a solidão se trona oásis. Esvaziamento, intimidade com Deus. O Santísismo Sacramento exposto é o meu céu aqui na terra.
Tudo é silêncio em mim, saúde ótima, espírito sereno, calma absoluta.
Desejo-lhe um pouco da paz daqui.
Gostaria de revê-la.
O amor aqui aumenta em vez de diminuir.
Um beijão da sua irmã."

Um comentário:

Deixe aqui seu ardor missionário.