quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Indiferença Espiritual


Quando a noite fico acordada na cama, chorando, quando tudo enfim é silêncio, então muitas vezes, sinto que entendo.
 Tudo é indiferente para  mim, casa e sujeira, até mesmo a pobreza, e, ainda  que eu deixe de existir, nada disso importa...
(Kate Bogner)


9 comentários:

  1. Deus é contigo sempre!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Linda reflexão ,muita paz no coração querida amiga,beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Também estou começando a pensar assim. Tudo é indiferente,nada importa. Comigo ou sem mim,continua o mundo, e depois de uma década ou duas, serei apenas um túmulo no cemitério a respeito de poucos sabem de que é. Tudo é assim, tão simples.

    Grande abraço, Roselia!

    http://pontosdefe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, vim conhecer seu blog e agradecer a visita no meu.Que reflexão heim!!! Nem todos entenderão, mas é pura verdade. No entanto, enquanto estamos aqui, é bom que zelemos pelo que nos foi dado como presente, a vida. Mas, desapegar é o exercício diário. Entendi agora, o comentário que você fez sobre as tranças de Rapunzel. Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  5. deus nos guia sempre
    é so crer nele..gostei da refexão

    Bom final de semana..
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia querida Rosélia!

    Que Deus a ilumine sempre, amiga.

    Feliz final de semana junto aos seus familiares.

    ResponderExcluir
  7. Feliz sábado!!
    Agradeço por sua visita tão graciosa.
    Menina quantos blogues vc tem... que lindo... me perdi em tantas matérias.
    Parabéns.
    Beijinho em seu coração.
    Nicinha

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Roselia.
    O despreendimento é uma bênção. Só almas elevadas consegue agir assim. Sem se importar com nada, apenas com o Amor de Deus. Uma linda semana. Muita paz. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia,
    passei para lhe conhecer e com uma mensagem que tocou-me.
    Aproveito e fico com você aqui.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu ardor missionário.